domingo, 30 de janeiro de 2011

Eu moro em uma cidade pequena



Foto: baixaki.com.br


Para quem não sabe, moro em uma cidade extremamente pequena. A bela e pacata cidade de Lauro Muller - localizada no interior de Santa Catarina. 

Há 12 anos, quando meus pais me deram a notícia de que nos mudaríamos para cá, achei a ideia um absurdo. Um verdadeiro disparate, para ser mais exato.

Curioso, corri para o mapa atrás de informações. Atlas em mãos (naquela época internet era luxo), tomei um baita susto ao perceber que a cidade estava enquadrada na categoria "até 14.000 habitantes".

Será que tem Mc Donald's nesse lugar?, lembro de ter pensado. E cinema? E shopping? E isso? E aquilo? E...?

Antes de visitarmos a cidade pela primeira vez, sempre imaginava um posto de gasolina abandonado e um pedaço de feno voando em meio a muita areia, exatamente como nos filmes americanos gravados no Arizona.

Exagero? Sim. Contudo, vale lembrar que antes disso eu morava em um bairro com aproximadamente 60.000 habitantes... 

Meses depois, então, mudamo-nos para a cidade de Lauro Muller/SC.

A primeira impressão foi muito boa. As ruas eram calçadas, havia bancos, lojas, prefeitura, câmara de vereadores, fórum e tudo que uma cidade precisa para seguir em frente.

Hoje, passados 12 anos, afirmo: Jamais voltarei a morar em uma cidade considerada grande! Jamais!

Mesmo existindo pouquíssimas opções de lazer, não troco esta cidade por nada!

Aqui, segunda-feira não tem cara de segunda-feira. Não existe correria, trânsito, alagamentos, assaltos, etc. Não existe nada disso. Nada! Trata-se de outra dimensão!

Pasmem, mas posso sair de casa as 4h da manhã e caminhar pela cidade sem qualquer medo de ser assaltado. 

Engarrafamento, então, é palavra desconhecida por aqui. Os carros daqui só andam em filas quando algum time ganha um campeonato.

Morar em cidade pequena é excelente! Uma experiência única. Só mesmo quem mora ou morou em uma cidade de porte sabe do que eu estou falando.

Não troco este lugar por nada! Se possível, morrerei por aqui. 

Afirmo com convicção: não existe opção de entretenimento capaz de superar a paz, segurança e tranquilidade que esta cidade me proporciona. 

Aposto que você que mora em uma cidade grande já pensou em largar tudo e arriscar a sorte em uma menor... Certo?

Não tenha medo! Mude-se imediatamente e desfrute os privilégios do interior.

Lauro Muller traduz bem todos esses predicados. Se você duvida, veja a foto no início do texto e tenha uma ideia da serra que fica bem ao alcance dos meus olhos...

O que você está esperando? Mude-se já!


8 comentários:

Fa disse...

Bicho, outro texto fantástico, na moral, eu vou embora as 5 e 30 da manhã, e é capaz de eu assaltar as pessoas ao invez de ser assaltado ahahahah, gostei, continue atualizando com frequencia.

aquele abráá

Priscila disse...

Concordo em gênero, número e grau... rsss tbm achei um absurdo quando a minha família me comunicou que mudaríamos de Porto Alegre pra LM... e mesmo tendo morado em cidades grandes aqui no Brasil e na Europa cheguei a conclusão que LM é o melhor lugar pra se viver e constituir família... não troco por nada...

Abraço

Priscila Pires

Thais disse...

Oi Kelvim,
Também moro em uma cidade pequena! Morei em SP capital até os meus 11 anos, quando meu pai achou que seria melhor para nós mudarmos para cá. Hoje faz 13 anos que moro aqui, e não me mudo por nada, liberdade para deixar as janelas abertas em dias de calor e andar pelas ruas contemplando a vida que acontece, é só para nós hahahaha

Bjs

Johnny Vicente disse...

" A doce e pacata Müller tem sido o meu lar desde que vim de São Paulo para cá, e isso fazem alguns anos. Sinto saudade das comodidades e das agitadas noites na Paulista. Confesso que não temos metrô, e estádios de Futebol... mas tudo se compensa com a tranquilidade, estamos praticamente na serra e a uma hora do litoral, o clima é o melhor do Brasil e temos Neve no inverno, brincar na neve a 20km de casa não preço! A Müller tem tudo o que nós precisamos venha você também para cá! ótimo texto com uma simples e perfeita explanação!

Igan Hoffman (fazendo o impossível) disse...

Sempre posto meu comentário aqui e sempre procuro ser verdadeiro! Lauro Müller foi meu lar por pelo menos oito anos. Em Lauro Müller pude andar kilômetros de bicicleta sem ter medo de ser atropelado, pular de pontes em rios bem no interior, fazer trilhas nos matos, ir de madrugada todos os dias para casa caminhando tranquilamente. Sim, tudo isso foi possível. O que falta em Lauro Müller é uma biblioteca grande, um cinema 3D e um Hospital que preste. Tirando isso, é completinha! Colocando isso, deixa de ser LM.
Abraços...
Visitem http://diariodeigan-h.blogspot.com e venha participar do meu mundo interior...

P. Wraider disse...

Será que só eu moro numa cidade que mesmo pequena é um pouco perigosa?

E eu tenho muita vontade de sair daqui, para uma, pelo menos, um pouco maior, que tenha opções de lazer para jovens.

Um abs Kelvim.

P. Wraider disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ramombob disse...

Não tem engarrafamento, mas estacionar o carro no periodo da tarde no centro ninguem consegue, hehe. Não tem lugar. Mas concordo com o texto todo, muito bem escrito.

Sem contar a amizade. Acho que nas cidades pequenas as pessoas são muito mais afetivas. Existem as "fofoqueiras" e tals, mas essas a gente descarta.

Um abraço, Kelvin.