sábado, 5 de março de 2011

Mendigo da era moderna


Foto: bafanaciencia.blog.br

Estava assistindo televisão e vi (impávido) um mendigo que pedia esmolas com uma máquina de cartão de créditos.

- Débito ou crédito? - ele perguntava para os transeuntes piedosos.

Você acredita nisso? 

Só pode ser sacanagem... Só pode...

Há alguns anos, eu costuma ter pena de pessoas assim. Achava que por não terem recebido chances adequadas no passado, sofriam no presente.

Hoje, contudo, penso bem diferente.

Óbvio que existem pessoas com inúmeras dificuldades por conta do passado. No entanto, acredito que temos duas situações distintas.

Crianças e adolescentes, por exemplo, não têm culpa da vida que lhes foi imposta. Enquanto perdurar sua condição de incapazes para o exercício dos atos da vida civil (um pouco antes, talvez), ainda possuem uma espécie de salvo-conduto. 

Quando somos adultos, porém, a história é bem diferente. Se o seu futuro só depende de você, o que lhe impede de sair da situação degradante a que está submetido? O quê?

Oras, um adulto que pede esmolas com o auxílio de uma máquina de cartão de créditos é uma vergonha... 


Uma única palavra seria capaz de defini-lo: VAGABUNDO!

Este cidadão não merece um único centavo. Não merecia sequer uma reportagem!

Eu trabalho. Você trabalha; Por que ele é diferente? Não deveria trabalhar também?

Sei que textos sobre mazelas sociais não costumam fazer muito sucesso, mas fico indignado com tamanha falta de bom senso...

Cada dia que passa me convenço que somos o país do absurdo... Só pode...

2 comentários:

Daniii disse...

País do absurdo...
Gostei da expressão!!!
Isso é uma tremenda falta de vergonha!!
Concordo contigo e assino em baixo!

Danni
Garotas e Livros

Anônimo disse...

Gente, por favor, não sejam ridículos, essa "reportagem" é de um programa humorístico do canal Multishow.... Rssss