terça-feira, 8 de março de 2011

Eu uso óculos

Foto: oglobo.globo.com

Lembro como se fosse hoje...

Fazia uns dois anos que não enxergava com a mesma qualidade dos anos anteriores.

Ocorre que só fui perceber que minha visão estava deteriorada quando alguns amigos me perguntaram incrédulos:

- Você não está enxergando mesmo?

Com a constatação empírica da minha falta de vista, resolvi dirigir-me ao oftalmologista (oculista para os marinheiros de primeira viagem).

O médico escolheu uma lente, depois a outra, baixou as duas ao mesmo tempo e perguntou:

- Está enxergando agora?

Lembro-me perfeitamente. Como num passe de mágicas, voltei a ter meus olhos de volta. Voltei, enfim, a enxergar com uma nitidez ímpar.

Com a receita em mãos, corri atrás do meu primeiro óculos. Quando coloquei-os nos olhos, lembrei instantaneamente daquela música dos Paralamas do Sucesso:

Eu entro com meu carro pela contramão
(Eu tô sem óculos)
Se eu tô alegre
Eu ponho os óculos e vejo tudo vem
Mas se eu to triste eu tiro os óculos
Eu não vejo ninguém

Uso lentes de 1 grau em cada olho (miopia). Concordo que parece pouco. Mas, acredite ou não, é o bastante para atrapalhar um cidadão. Sem elas, não consigo sequer assistir a um filme legendado.

Estou pensando em fazer cirurgia, mas minha miopia ainda não está estabilizada, condição sine qua non para corrigir o problema da visão.

Tenho vontade de perguntar para alguém que se submeteu à cirurgia se sente falta das benditas lentes. É um contrassenso, eu sei, porém faz algum sentido.

Logo que acordo, a primeira coisa que me pergunto é:

- Onde estão meus óculos?

Querendo ou não, acabamos criando um relacionamento com nossos  falsos olhos. Afinal, sem eles não temos a mesma visão do mundo...

Se você, caro leitor, acha que tem dificuldade para enxergar, procure logo ajuda médica. Por menor que seja seu déficit de visão, você irá se surpreender com o poder do bom e velho óculos!

Garanto! Palavra de quem usa!

5 comentários:

P. Wraider disse...

Eu uso óculos já alguns anos, de tão acostumado, as vezes nem percebo ele sobre o meu rosto. Mas ai vem aquela coceira no olho, trombo o dedo na lente e me lembro deles (rs). E depois penso: "Como seria bom ter lentes de contato". E quando penso nisso, recordo do meu irmão e todo o cuidado que ele tem com as lentes.

Miriam disse...

kkkkkkkkk Dei muita risada com teu post, pois me identifiquei. Há alguns meses comecei a usar óculos e fiquei assustada, pois comecei a ver o mundo de um outro jeito. Tipo mais colorido, mais vibrante, mais legal, mais psicodélico rs, juro só com o óculos, s/ entorpecentes. Naquele momento, desejei que todas as pessoas do universo usassem óculos. Tenho 0,5 de miopia num olho, mas meu maior problema é o astigmatismo em ambos. Mas, td bem, tbm comemorei o uso das minhas lentes com a música do Paralamas.

Fa disse...

Minha namorada vai gostar desse texto hehe :)

Aline Benitez disse...

Ééé Kelvim! Eu comecei + - com isso mesmo! Agora já tenho uns 2 graus no direito!
Como o Rodolpho disse às vezes também não percebo, vou dormir ou tomar banho com eles rs
Adorei o texto!
Abraços,
Aline

Mariana_Lm disse...

Comecei a usar óculos com sete anos de idade, ele faz parte de mim hehe.Com certeza é um objeto indispensável. De vez em quando disfarço a miopia com lentes de contato x)

Abraço blogueiro o/