domingo, 20 de novembro de 2011

Fazendo um balanço...


O site SegundaDose.com está completando 4 anos! Nada mais justo, pois, do que fazer um balanço de sua existência no mundo virtual.

Quando comecei a escrever neste blog, levava o ofício meio que na brincadeira. Tanto é verdade que, nos três primeiros anos, postava textos de forma bem esporádica (leia-se com intervalos espaçados).

Ano passado, no entanto, tomei uma atitude, ao meu ver, bem interessante, a qual foi determinante para o crescimento do site.

Em resumo, adquiri um domínio .com junto à internet e troquei o nome originário do blog (arfh-arfh.blogspot.com) para SegundaDose.com, o que fez toda a diferença.

O novo nome, que é de fácil assimilação, facilitou e muito a divulgação do site, o que, sabemos, é algo muito importante no mundo virtual.

Foi a partir da mudança do nome que comecei a levar o site a sério.

A principal mudança, no entanto, se deu pelo fato de que passei a postar textos com mais frequência, algo em torno de um a cada dois dias.

Querendo ou não, pessoas que têm o hábito de acompanhar um blog gostam de ler textos novos sempre que o acessam.

Algo que me surpreendeu bastante nesses anos foi o fato de conseguir leitores assíduos. Isso porque sempre achei difícil manter as pessoas interessadas naquilo que você escreve.

A verdade é que sempre que me posiciono a respeito de determinado tema, seja ele polêmico ou não, corro o risco de perder a "audiência" de pessoas com opiniões discordantes.

Por outro lado, é muito interessante ver pessoas discordarem de coisas que posto e, mesmo assim, continuarem acessando o site. Isso só mostra que mereço o respeito daquelas.

Algo de que não abri mão nesses anos foi repassar ao leitor, através de textos como este, o meu modus operandi. A forma como ajo no comando deste blog.

Talvez seja um opinião isolada, mas percebi que as pessoas gostam muito de saber como as coisas funcionam por detrás da cortina. Não sei explicar ao certo, mas parece que tal atitude dá maior credibilidade aos textos publicados.

Em suma, acho que esses quatro anos de site foram muito importantes para mim, porquanto sinto que cresço como pessoa a cada texto publicado.

Pode parecer estranho, mas ordenar os pensamentos em um texto público funciona para mim como uma espécie de autoterapia.

E como escrever é uma arte que necessita de eterno desenvolvimento, espero escrever cada vez mais no decorrer dos anos.

Escrever, como já disse outras vezes aqui neste espaço, é deveras prazeroso. Sem qualquer dúvida, uma das coisas que mais gosto de fazer.

Simples assim.

Aquele abraço às pessoas que, de uma forma ou outra, acompanham este blog.

Ps. em letras miúdas: Comentários são sempre bem-vindos.

Um comentário:

P. Wraider disse...

Irei sempre ler, sempre que puder, até o último dia deste blog (que duvido existir). rsrs