quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Então é natal...

Enfim, o ano está terminando. As luzes crescem exacerbadamente, multiplicando-se no mar de sacadas. Junto com as luzes, vem a esperança. Esperança de dias melhores, de uma ligação daquele parente distante, daquele abraço deveras desejado.
Em datas especiais, o amor presente nas pessoas parece aflorar, mas é no natal que tal sentimento acaba por se evidenciar de forma inequívoca. Nos sete dias que separam o natal do tão esperado ano novo, as pessoas parecem ser melhores do que realmente são, demonstrando um apego social irreconhecível.
Como num passe de mágica, todos demonstram-se educados, armados de boas intenções e palavras. O mundo, ainda que por uma semana, evidencia-se um ótimo hospedeiro, em que todos contribuem para o crescimento do próximo.
Hipocrisia ou não, a vida de todos melhora, e isso é fato. E isso é bom para todos!
O natal parece trazer mágica, beleza e, acima de tudo, lembranças!
Não as lembranças comuns, mas sim as memoráveis! Lembrança do primeiro presente marcante, dos chocolates, das festas de família... Natal, repito, é mágico.
Existem as pessoas que, justamente em virtude das lembranças, acabam por achar o natal uma data triste, seja pela perda de um ente querido ou de um grande amor. A essas pessoas, digo: Natais melhores virão!
Essa é a diferença entre o natal e as outras datas comemorativas, pois só o natal, com todas as suas peculiaridades intrínsecas, é capaz de recuperar uma família desunida, de resgatar uma amizade adormecida ou, ainda, unir um grande amor um dia perdido, entre outros exemplos.
E para aqueles que, assim como eu, acreditam em tão bela data, desejo um feliz natal!
Um natal cheio de vida, digno de ótimas lembranças num futuro próximo.
Desejo, ainda, na inocência da minha criação positivista, dias melhores a todos! Com a esperança de que algum dia o mundo torne-se um lugar harmonioso e melhor de se viver.
FELIZ NATAL!

2 comentários:

JKishin disse...

Ei Kelvim!!!
Que poeta héin? Parabéns pelo blog, tá bem legal!!!
bjo : - ))

Marco Vicente Dotto Köhler disse...

cara... gostei do texto e do teu pensamento positivo... mas Natal, pra mim, é triste pra cara#%¨ e não sei o motivo hehe...
mas ainda assim, você tem razão...
abração...