sábado, 2 de fevereiro de 2008

Concurso público. Dicas nada convencionais...

Foto retirada junto ao site: adeusmundocruel.wordpress.com/2007/08/
Concurso público...

Em tese, ser aprovado em um concurso público deveria ser uma eqüação simples. Bastaria ao candidato estudar a matéria constante do edital e, no dia e hora marcados, pintar algumas "bolinhas" no gabarito fornecido pela empresa elaboradora da prova. Pronto, após os referidos trâmites, seria só esperar o resultado e comemorar!

Quem dera...

Nos dias atuais, ser aprovado em um concurso público pressupõe muito mais do que apenas estudar. Necessário se faz, dentre outras coisas, tempo livre para dedicar-se, saber dar preferência a determinadas matérias, preparar-se mental e fisicamente para o dia da prova, deixando de lado as pressões inerentes à sua realização e, mais do que tudo isso, ter força de vontade.

Força de vontade, eu diria, é a coisa mais importante na longa jornada da aprovação. Sem ela, nada feito.

Mais do que isso, é preciso acreditar! Imaginar-se no exercício do cargo! Sonhar... Ou, ainda, nas palavras de Renato Russo: "Quem acredita sempre alcança".

Após conjugar todos esses esforços, os quais devem ser aliados a muitas horas de estudo (é óbvio), é só colher os frutos da tão sonhada aprovação.

Não falo só da remuneração ou da estabilidade, mas da sensação de superação, de saber que, se você foi aprovado em um concurso com milhares de candidatos, você pode qualquer coisa!

E, aos concursandos de plantão que por ventura vierem a ler meu texto, desejo-lhes boa sorte na busca incessante pelo "cargo perdido"!
Bom, vou parando por aqui, eis que amanhã tenho muitas horas para estudar...



Um comentário:

Marcolino disse...

"[...] mas da sensação de superação, de saber que, se você foi aprovado em um concurso com milhares de candidatos, você pode qualquer coisa!"

cara... essa parte é preocupante, pois assim a pessoa nunca mais parará de estudar para concursos... pois se parar, morre.

hehe... e nao sou extremista!! haha..

abraço.
ah! a propósito: concordo integralmente com o texto.