quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Livro II

O Livro, surpreendentemente, está saindo do papel. Diria mais, está tomando vida própria.
A cada dia que passa, surpreendo-me mais com tudo isso. Não imaginava o quão poderia ser gratificante criar uma história e dar vida a personagens até então inexistentes.
É como se os personagens, de alguma maneira inexplicável, fizessem parte de minha vida.
Acreditava que dar continuidade à idéia inicial fosse algo extremamente difícil. Contudo, com o passar dessas duas semanas, pude observar que a realidade é outra. Parece-me que sou apenas um mero coadjuvante de um livro cujo enredo acaba por se criar sozinho.
Agora, já sei o que eu quero ser quando crescer: Quero ser escritor!
Não ambiciono a fama, riqueza ou sucesso; Quero apenas escrever por escrever!
Com toda a certeza, esse será o primeiro de muitos livros que ainda estão por vir.

2 comentários:

Zé Gota disse...

OO (zolhão de inveja, hehe)
cara, vê se tudexa os cumpadre lê os manuscritos né, hehe
abraço

sonia disse...

Só pra deixar os "cumpadre" morrendo de inveja.... já li o manuscrito e digo uma coisa pros zolhudinhos: está ótimo. Não vejo a hora de ler o final.
Bjos.
Sonia